12/05/2015

Curiosidades sobre Bancos de Couro

Não é apenas uma questão de luxo: os bancos de couro, além de valorizar, também podem ser uma opção prática. A fácil remoção da limpeza e durabilidade estão entre as qualidades do material. Porém, o couro exige alguns cuidados extras e manutenção permanente.

Segundo empresas especializadas, a qualquer momento é possível substituir o revestimento de tecido dos bancos do seu veículo pelo de couro. Na hora de escolher o novo revestimento, fique atento à porcentagem de couro no material escolhido.

No mercado existem desde os compostos por 100% de legítimo couro animal, os sintéticos – derivados de petróleo, ou seja, mais poluentes – e os ecológicos, feito a partir da borracha de seringueiras.

banco-de-couro-img-post

Para manter o couro em perfeito estado, empresas especializadas na colocação do acessório recomendam as seguintes dicas:

Produto térmico
O couro é um material térmico. Isso significa que ele se adapta à temperatura do ambiente a que for submetido. No verão, ele fica mais quente, podendo acelerar assim o processo de ressecamento e consequente deterioração gradual do tecido. Para evitar que isso ocorra a saída é deixar o carro longe do sol e sempre que possível.

Brilho e hidratação

Originalmente, o couro é um tipo de material de aparência fosca, mesmo assim tem um leve brilho natural. Passar um pano seco e macio na superfície dos bancos, ao menos uma vez por semana, ajuda a garantir o aspecto de recém-saído da loja.

Nas épocas mais quentes do ano, o couro tem a tendência de ressecar. Por isso, é indicada a aplicação de hidratante de couro, vendido em lojas automotivas especializadas nas versões spray e pasta. A indicação de aplicação é de pelo menos uma vez a cada três meses.

Resistência e segurança

O couro é um material bem resistente por ter fibras entrelaçadas. Mesmo assim, confira se o material que você está adquirindo não é inflamável. Além de ser ainda mais resistente, não se torna um fator de risco em casos de acidente.

Produtos confiáveis

Cuidado com as receitas caseiras para a limpeza. Esqueça recomendações com misturas diversas contendo álcool, vaselina, silicone, querosene, entre outros. Muitos deles podem ter ação corrosiva no tecido. Invista em produtos de marcas reconhecidas no mercado, com com selo de qualidade.

Líquidos

O ideal é que não ocorra mas, caso o couro entre em contato com líquidos como café, leite, refrigerante, bebidas alcoólicas ou óleo, passe um pano macio e absorvente no local, friccionando levemente. Se mesmo assim a mancha não sumir, umedeça o pano com água morna e sabão neutro e tente novamente. Finalize o processo com um pano seco. O mesmo vale para outros inimigos do material, como chiclete e tinta de caneta.

Praia

A areia e a água do mar podem acelerar o ressecamento do couro, por isso evite entrar no carro com roupas molhadas ou com areia. Se não tiver opção, forre os bancos com toalhas grossas.

Deixe uma resposta